Olha o Linux aí Gente!

Olha o Linux aí Gente!
Esse Pinguim não é fofo? Estou adorando conhecer o Linux...

Pesquisar este blog

Carregando...

Novidades do Proinfo Integrado

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Atividade 5 - Proposta de projeto - Construindo Identidade na Educação Infantil

1- IDENTIFICAÇÃO

Nome da cursista: Kátia Almeida Gomes

Nome da Escola: Escola Classe 01 de Ceilândia

Local: Ceilândia Sul -DF

Série: Educação Infantil - 2º periodo

Número de alunos: 02 turmas – aproximadamente 40 alunos

Professores envolvidos: 02 professoras regentes, 01 coordenadora pedagógica e 01 coordenadora do Laboratório de Informática

Título do Projeto: Construindo Identidade na Educação Infantil
2 – PROBLEMÁTICA A SER ESTUDADA / DEFINIÇÃO DO TEMA

Ao iniciar sua vida escolar a criança necessita de um período de adaptação a essa nova realidade, pois ela vive um momento de muitas mudanças de uma só vez. Afasta-se parcialmente do convívio familiar e cria novas relações afetivas. Além disso, a criança nessa faixa etária está em processo de descoberta do mundo que a cerca, são habilidosas para colher informações, para buscar soluções simples e às vezes fantásticas para os problemas; tem grande capacidade de preservar histórias na memória, são curiosas e querem saber os por quês de tudo. Toda esta informação sobre esse universo maravilhoso da criança fundamenta o interesse no desenvolvimento do projeto.

3 – JUSTIFICATIVA

As primeiras relações sociais da criança ocorrem na educação infantil. Muitos estudos indicam que a qualidade do relacionamento que estabelecem com os pais, é fundamental no desenvolvimento social da criança. A atenção e o afeto recebidos na infância, tanto dos pais quanto dos professores e demais adultos com os quais convive, ajudam-na a ver o mundo de forma positiva e a acreditar que a convivência com os outros também será agradável. Na verdade, as crianças precisam de bons modelos para desenvolver habilidades sociais. Para que essas mudanças sejam incorporadas de maneira tranqüila pelas crianças, -e importante que a escola faça todo um trabalho de adaptação e construção da identidade e autonomia da criança.

DI SANTO (2007), partindo da teoria de Piaget, formulou três grandes objetivos para a educação infantil:


1- Com relação aos adultos: é importante que as crianças desenvolvam sua autonomia através de relações seguras nas quais o poder do adulto é reduzido o máximo possível.


2- Com relação aos colegas: as crianças precisam desenvolver sua habilidade de descentrar e coordenar diferentes pontos de vista.


3- Com relação à aprendizagem: é importante que as crianças sejam alertas, curiosas, críticas e confiantes na sua própria capacidade de pensar e de dizer honestamente o que pensam. Devem ter iniciativa, levantar idéias, problemas e perguntas interessantes, relacionando as coisas umas com as outras.


Segundo Délia Ladeia (2001) em seu artigo O EU CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL:

A criança, como todo ser humano, é um sujeito social e histórico e faz parte de uma organização familiar que está inscrita em uma sociedade, com uma determinada cultura, em um determinado momento histórico. É profundamente marcada pelo meio social em que se desenvolve, mas também o marca...

Desta forma, este projeto vem a atender algumas necessidades dos alunos da Educação Infantil, tais como: construção da sua própria identidade, autonomia, curiosidade, aceitação do outro e das diferenças, estímulo ao pensamento crítico, entre outros.

4 – OBJETIVOS

4.1 - Objetivo Geral

Oportunizar a construção da identidade da criança a partir das relações sócio-histórico-culturais, de forma autêntica, consciente e contextualizada.

4.2 – Objetivos específicos

• Fazer o aluno conhecer a própria história e a história da família, sentindo-se participante dela;

• Promover a compreensão da história como um processo que se constrói a partir das relações estabelecidas pelas pessoas, no tempo e no espaço;

• Fazer com que o aluno pesquise e descubra como foi feita a escolha de seu nome;

• Fazer com que cada aluno faça o traçado de seu nome e seu auto-retrato;

• Resgatar a história de vida do aluno, tendo como fator primordial a elevação da

sua auto-estima, possibilitando que ele se identifique como sujeito da história.

• Identificar e reconhecer aspectos que o caracterizam no grupo ao qual pertence (características físicas e culturais, hábitos, costumes e valores).

• Fazer o aluno reconhecer a existência de diferentes modos de ser e viver, tanto na sociedade em que vive (diferenças étnicas, sociais, religiosas, de gênero) como em outras culturas (comunidades indígenas, por exemplo).

• Fazer o aluno reconhecer-se como sujeito nas relações de estudo, consumo, trabalho e lazer que são estabelecidas no espaço em que vive.
5 – CONTEÚDOS

• Hora da rodinha

• Trabalho com pré-nome e sobrenome

• História da família

• Escrita do pré-nome

• Desenho ( auto-retrato)

• Corpo

• Contagem de letrinhas

6 – DISCIPLINAS ENVOLVIDAS

Identidade ( eu e o outro)

Formação pessoal e social

Linguagem oral e escrita

Conhecimento de mundo

Conhecimento lógico-matemático

Psicomotricidade

7 – METODOLOGIA

7.1- Procedimentos

• Propor sistematicamente brincadeiras em grupos, integrando os alunos através de conversa em rodinhas, a fim de possibilitar o conhecimento e a aproximação das crianças. Organizar atividades individuais como criação e confecção de crachás, a partir de desenho e cartaz para a identificação do aluno.

• Trabalhar a percepção do corpo a partir de observações sistemáticas, no espelho, do rosto, dos cabelos, das partes do corpo, da altura, etc.

• Estabelecer observações em duplas acerca das diferenças e semelhanças entre os demais colegas, buscando construir o conceito do eu e do outro.

• Fazer gráficos de altura com tiras de jornal, após as observações no espelho, procurando estabelecer as diferenças e as semelhanças de tamanho entre as crianças..

• Fazer um desenho de corpo inteiro, incentivando a criança a reproduzir a sua auto-imagem; para isso, disponibilizar a ela diversos materiais como: tinta, pincéis, papel colorido, etc.

• Oportunizar aos alunos a escrita do pré-nome em papel e depois no computador utilizando o BR Office – Writer.

• Oportunizar aos alunos o desenho de seu auto-retrato utilizado o Tux Paint.

• Promover momentos para que o aluno observe seu próprio espaço:

o Na classe: nomear todos os objetos e móveis ali presentes, medir a sala com fitas de jornal, fazer a maquete da sala de aula com caixas de sapatos e outros materiais.

o Na escola: passear pelas suas dependências; conhecer funcionários; pesquisar a história da escola; trabalhar com o nome da escola, com suas origens históricas; desenhar a planta baixa da quadra, com a ajuda das crianças; investigar o quarteirão em que se situa e o nome das ruas próximas; realizar um reconhecimento do bairro, fazendo visitas às casas comerciais, praças, casas de moradores e outros lugares.

7.2 – Cronograma

As atividades do projeto serão desenvolvidas em aproximadamente 8 aulas de 5 h/aula.

8 – RECURSOS A SEREM UTILIZADOS

Papel, lápis, giz de cera, lápis de cor, canetinha, pincel atômico, espelho, fichas com os nomes dos alunos e professores envolvidos, ficha de pesquisa da história da família e da história da nome da criança, cola, tesoura, cartolinas, papel colorido, jornais, tinta, caixa de sapato, revistas para recorte, fichas com os nomes dos móveis e objetos da sala de aula, computadores do laboratório de informática com BR Office instalado, Writer, Tux Paint, entre outros.

9 – REGISTRO DO PROCESSO

O desenvolvimento do projeto será registrado com fotos que serão disponibilizadas no Orkut e no Blog da escola.

10 – AVALIAÇÃO E RECURSOS ESPERADOS

É necessário que a avaliação seja sistemática e que, em todos os momentos do projeto, os desempenhos, as dificuldades e os avanços encontrados sejam registrados, a fim de aprimorar as etapas posteriores. Será criada uma ficha de avaliação com o desenvolvimento de todos os alunos nas atividades desenvolvidas. Além disso, será feito um portifólio individual para arquivar os trabalhos dos alunos.

11 – DIVULGAÇÃO / SOCIALIZAÇÃO DO PROJETO

A divulgação do projeto será realizada por meio do Orkut e do Blog da escola.

Orkut - http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3186669058304435151

Blog - http://blogec01.blogspot.com/

12 – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

• ARIÈS, P. História Social da Criança e da Família. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

• BRASIL, Ministério da Educação. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Secretaria de Educação fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

• CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. São Paulo, Paz e Terra, 1999.

• DI SANTO, J. M. R. O valor educacional dos jogos em grupo na educação infantil. Disponível em: http://www.centrorefeducacional.com.br/valorjogos.htm. Acesso em 02 de agosto de 2010.

• LADEIA, Delia. O Eu criança na educação infantil. Em pauta – Revista Criança do professor de educação infantil, Brasília, n.35, p.19-21,2001.

• SODRÉ, Muniz. Claro e escuro: identidade, povo e mídia no Brasil. Petrópolis, Vozes,1999.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário, sempre será bem vindo!